Plantão

Giuliano Leonilton Gringa Curitiba Agora
  • 14/09/11 - 14h26 - Atualizado em 14/09/11 - 14h26

  • Tamanho Letra

  • A-A+

Operário vive fase de indefinições no fim da temporada
Clube terá último jogo oficial contra o Mirassol, no domingo

Por Renan Araújo - [email protected]

O Operário perdeu por 3 a 1 para o Cene-MS, no último domingo, e não tem mais chances de classificação parsa a próxima fase da Série D do Campeonato Brasileiro. Agora, o próximo compromisso do time é contra o Mirassol, no fim de semana, apenas para cumprir tabela. Depois dessa partida, o Fantasma só voltará a jogar pelo Paranaense do ano que vem.

Para o técnico Carlos Henrique Paiva, o time ficou com a sensação de que poderia ter se classificado, mas deixou as chances escaparem.

“Fica a sensação de que se tivéssemos mais pontos, mais partidas, as chances de classificação seriam maiores. Sempre vou dar meu máximo, e a ideia da diretoria era enfrentar desafio dos quatro jogos. Agora é focar o Mirassol e depois fica a decisão para o presidente e gestor”, afirmou ele.

O Operário vive uma fase de indefinição em relação à parceria com a empresa Premier Soccer, do Rio de Janeiro, que também ajudou a Jair Pereira ser o diretor de futebol do clube. O próprio Jair Pereira admitiu que a equipe pensará nisso depois do jogo contra o Mirassol.

“Primeiro temos que acabar esse campeonato, temos o jogo contra o Mirassol. Estamos fazendo o treinamento normal, todo mundo dando segmento ao trabalho. Depois de domingo sim, vamos fazer o planejamento para as competições do próximo ano”, declarou.

Leia também:
Desenvolvido por Web2Join | Art Design: Replay Design.